Opinião: O Barão de Sveva Casati Modignani

 

Livro: O Barãobarao_sveva-190x300

Autora: Sveva Casati Modignani

Páginas: 497

Sinopse: Bruno Brian di Monreale, o Barão, como é conhecido, é o último descendente de uma antiga e nobre família siciliana. Bruno cresce na Califórnia, com um pai severo e distante e uma mãe dividida entre um casamento precipitado, onde não existe amor, e uma paixão deixada na sua Sicília longínqua. No entanto, são as raízes sicilianas que levam Bruno a regressar à sua ilha natal, ao seu avô, um velho aristocrata e a Calò, o padrinho sempre presente. Serão estas duas figuras que lhe irão transmitir o saber ancestral das velhas famílias e da sua ética e código de justiça.
Bruno di Monreale envolve-se nos negócios do petróleo e das grandes multinacionais, tornando-se num homem poderoso e fascinante. Os amores inconsequentes e os casos fortuitos sucedem-se na sua vida glamorosa mas dominada pela insatisfação, até que se cruza com Karin, uma mulher reservada e misteriosa. Karin revelar-se-á o desafio por que Bruno ansiava e vai trazer-lhe o equilíbrio há tanto desejado.
Em O Barão, um dos primeiros romances da autora, Sveva Casati Modignani revela-nos os meandros de uma sociedade disposta a tudo para manter os seus privilégios, criando um mosaico de personagens vibrantes.

Opinião:

Este livro foi um dos primeiros romances da signora do bestseller italiano, Sveva Casati Modignani. Esta escritora é uma das mais populares em Portugal e já se encontra traduzida em 17 países. Este é o segundo livro que leio desta autora – o primeiro foi “Qualquer Coisa de Bom”.

A sua escrita é rica e cheia de personagens de uma vivacidade marcantes. Este romance centra-se na figura de um homem poderoso – Bruno Brian – e em todos aqueles que o rodeiam: amigos, familiares e inimigos. A escritora apresenta-nos a história de vários amigos e familiares de Bruno, incutindo uma perspectiva diferente à forma como vemos este personagem fascinante.

Este livro explora também alguma questões políticas e jogos de interesses com a possibilidade de um golpe de estado em Burhwana (África) e pondo em risco a própria vida do Barão. É um livro muito bem escrito e detentor da qualidade da sua autora.

Gostei e espero ler mais livros desta escritora!

Classificação: 3*

Anúncios

Novidade Porto Editora

a vinha do anjo

A Vinha do AnjoSveva Casati Modignani

Sinopse:

Longas filas de videiras estendem-se pelas colinas suaves de Borgofranco. Há dois séculos que a família Brugliani é proprietária daquele antigo burgo e das vinhas, tratadas com paciência para delas extrair vinhos preciosos e únicos. Aos 35 anos, Angelica é a herdeira da tradição e do património familiar. Mãe, esposa, empresária de sucesso: tudo parece perfeito na sua vida. Só ela sabe que por detrás daquela fachada se esconde um mundo sombrio, feito de mentiras – as do marido – e de sonhos pueris.

Numa noite, em que conduzia a sua moto e sentindo-se dominada pela amargura e pelas lágrimas, Angelica não se apercebe de que o carro à sua frente está a travar. O choque é violento, mas felizmente sem consequências graves, quer para ela, quer para o condutor do automóvel, Tancredi D’Azaro. Angelica não sabe ainda que aquele homem é um dos chefs mais aclamados em todo o mundo. E ambos ignoram que, depois daquele encontro fugaz, o destino voltará a entrelaçar os seus caminhos, suscitando a tentação de um novo começo. É então tempo de fazer escolhas, tendo em conta o peso do passado e as responsabilidades do presente – porque a vida é feita de sonhos e paixões.

A Vinha do Anjo conta-nos a história envolvente de uma família e de uma tradição milenar, o retrato de uma protagonista fascinante no qual se reveem muitas das mulheres empreendedoras e corajosas que anonimamente constroem as nossas sociedades.

Pré-lançamento – Disponível a partir de 30-09-2015

Opinião: Qualquer Coisa de Bom de Sveva Casati Modignani

 

Livro: Qualquer Coisa de Bomqualquer coisa de bom

Autora: Sveva Casati Modignani

Páginas: 343

Sinopse: A leitura do testamento de Alessandra Pluda Cavalli vai provocar um tremendo choque ao seu marido, Franco, e aos seus três filhos. A parte mais substancial do património vai na verdade para Ludovica Magnasco, porteira do prédio em que vive a família Cavalli.Ludovica, a quem todos chamam Lula, sente-se igualmente perturbada por este legado, cujo significado não consegue alcançar. Lula, que tem tido a sua conta de adversidades, é amada e respeitada por todos os moradores do prédio graças à sua inteligência e bom carácter.Mas tal não é suficiente para explicar o que terá levado Alessandra a deixar-lhe aquela fortuna. Certamente que não foram as pequenas delicadezas com que por vezes Lula a agraciava, nem tão-pouco as confidências que trocavam. A explicação, que tem as suas raízes num segredo de família desde sempre guardado com zelo, afecta-a e perturba-a, mas não altera as suas convicções: o dinheiro só nos ajuda a viver melhor se o usarmos também para nos tornarmos úteis ao próximo.A indicar-lhe o caminho certo está agora o acaso, que cruza o seu destino com o do fascinante Guido Montini, um reputado veterinário dedicado a acções de voluntariado. Juntos formam um casal magnífico e têm a possibilidade de fazer algo de verdadeiramente bom… Com este seu último romance, Sveva Casati Modignani presenteia os leitores com uma história em que os momentos dramáticos se alternam com momentos de humor subtil e passagens plenas de ternura e nostalgia, mas onde prevalece sobretudo uma sincera solidariedade para com quem nos rodeia e mais precisa de nós.

Opinião:

Sveva Casati Modignani é italiana e autora de uma longa lista de best-sellers. Este livro marca a minha estreia na leitura das suas obras.

Com uma escrita simples, acessível e bem humorada, esta escritora preenche as páginas dos seus livros com histórias de relações familiares, amor, amizade e receitas italianas de dar água na boca. Adorei a personagem feminina com uma personalidade forte, vincada mas simultaneamente humilde e com alegria de viver, mesmo nas piores situações. A sua fé na vida e nas pessoas é comovedora e uma delícia de se ler. Lula é porteira de um prédio onde as histórias de cada um dos moradores se cruzam e nos proporcionam alguns momentos hilariantes.

Tudo muda na vida de Lula quando esta descobre que recebeu uma herança de uma das moradoras do prédio onde trabalha. Durante o livro descobrimos o porquê e revivemos as histórias por detrás desta decisão.

Gostei muito! Foram momentos de leitura muito bons e confortantes. Recomendo a todos os que gostam de um bom romance histórico e de receitas italianas cheias de sentimento.