Opinião: As Lágrimas da Lua de Nora Roberts

 

Livro: As Lágrimas da Lua (Trilogia Irlandesa – Livro 2)as lágrimas da lua

Autora: Nora Roberts

Páginas: 273

Sinopse: Nora Roberts leva-nos até às paisagens mágicas da Irlanda, mais precisamente para a pequena e acolhedora vila de Ardmore. É aí que conhecemos Shawn Gallagher, cozinheiro do pub local, que escreve canções e vive despre-ocupado sem pensar no futuro ou na sua amiga de sempre: a bonita e irreverente Brenna. Brenna, no entanto, tem pensado muito em Shawn. Na verdade, ela quer mais do que apenas a amizade que sempre tiveram. E quando ganha coragem para lho dizer, Shawn é apanhado de surpresa e vê o seu mundo estável e seguro a ruir. Mas numa terra onde a magia ainda não morreu, tudo conspira para uma maravilhosa história de amor. Até as lendas do passado e os fantasmas de amores antigos… Nora Roberts nunca nos desaponta. Construindo um cenário e um leque de personagens fascinantes, arrebata os leitores para uma história acolhedora, divertida e impossível de largar antes da última página. E volta a mostrar porque é considerada uma das melhores romancistas da actualidade

Opinião:

Este é o segundo livro da trilogia Irlandesa de Nora Roberts e envolve-nos desde a primeira página. A história apresenta-nos o romance do sonhador e talentoso Shawn Gallagher e da prática e batalhadora Brenna. Duas personagens com personalidades e características completamente opostas mas que se completam de uma forma perfeita e especial. A magia volta a soltar-se da escrita de Nora Roberts e transporta-nos para as paisagens maravilhosas da Irlanda. Um romance líndissimo de Nora Roberts. Adorei e Recomendo vivamente.

Anúncios

Livros que quero Ler – Wishlist (#3)

memórias de um amigo imaginário

Sinopse: O meu nome é Budo. Existo há cinco anos. Cinco anos é muito tempo para alguém como eu. Foi Max quem me deu o nome. Max tem oito anos. Max é o único ser humano que consegue ver-me. Sei aquilo que Max sabe e algumas coisas que não sabe. Sei que Max corre perigo. E sei que sou o único que pode salvá-lo.” Uma calorosa história de amor, lealdade e poder de imaginação; um romance perfeito para quem já teve um amigo – verdadeiro ou não.

milagre

Sinopse: August nasceu com uma deficiência genética que faz com que o seu rosto seja completamente deformado. Quando nasceu os médicos não tinham esperança de que sobrevivesse, mas sobreviveu. Vários anos e muitas cirurgias depois, August vai, aos 10 anos, enfrentar o maior desfio da sua vida. A escola. Contado a várias vozes, é uma história emotiva das dificuldades que tem de superar uma criança com uma terrível deformação e um relato do milagre que é a vida.

Os_Guerreiros_do_Arco_Iris

Sinopse: Os Guerreiros do Arco-Íris é o primeiro romance do escritor indonésio Andrea Hirata, que o escreveu como uma homenagem à sua escola, aos seus dois professores e ao grupo de crianças com quem cresceu e partilhou experiências que o marcaram para sempre. A história é contada na primeira pessoa por Ikal, um rapaz que tem seis anos quando o romance abre, e decorre na pequena ilha de Belitong, onde a maioria da população vive em condições de extrema pobreza. Os Guerreiros do Arco-Íris vendeu mais de cinco milhões de cópias na Indonésia, fazendo de Andrea Hirata o escritor mais vendido de sempre no seu país e também o primeiro a alcançar sucesso internacional.

19min

Sinopse: Mais uma vez, Picoult aborda um assunto delicado na sociedade contemporânea, um tiroteio no liceu, levantando perguntas como: o seu filho pode tornar-se num mistério para si? O que significa ser diferente na nossa sociedade? É justificável para uma vítima ripostar? E quem – se é que alguém – tem o direito de julgar outra pessoa? Em Sterling, New Hampshire, Peter Houghton, um estudante de liceu com dezassete anos, suportou anos de abuso verbal e físico por parte dos colegas. O seu amigo, Josie Cormier, sucumbiu à pressão dos colegas e agora dá-se com os grupos mais populares que muitas vezes instigam o assédio. Um incidente de perseguição é a gota de água para Peter, que o leva a cometer um acto de violência que mudará para sempre a vida dos residentes de Sterling.

Opinião: Noivas de Guerra de Anthony Capella

 

Livros: Noivas de GuerraNoivas de Guerra

Autor: Anthony Capella

Páginas: 448

Sinopse: O capitão James Gould chega à Nápoles da Segunda Guerra Mundial com a missão de desencorajar os casamentos entre soldados britânicos e as suas belas namoradas italianas. Quando se torna demasiado bom no seu trabalho, as jovens locais conseguem que ele empregue Livia, uma rapariga de uma aldeia do Vesúvio, como sua cozinheira, na esperança de que as suas qualidades fantásticas na cozinha – para já não falar na sua beleza – o distraiam. Sob a sua influência, James deixa de se preocupar com assuntos tão pouco importantes como as noivas de guerra, o mercado negro e a corrupção da máfia, entre outros, pois o tempo passado na cozinha pode ser tão divertido e excitante como o próprio banquete da vida! Mas quando o Vesúvio entra em erupção, destruindo a aldeia de Livia, ele tem de escolher entre obedecer a ordens ou ao coração.

Opinião:

Anthony Capella é um investigador da gastronomia italiana, que divide o seu tempo entre Londres, Oxford e Itália. No catálago da ASA figura já o seu romance Receitas de Amor, que está a ser adaptado ao cinema. Os direitos cinematográficos de Noivas de Guerra foram também já comprados.

Este romance é delicioso e cheio de bom humor. A escrita é muito bonita e as palavras em italiano dão um toque romântico à narrativa. Retrata a história de James um capitão inglês e de Lívia uma italiana com um talento enorme para a cozinha. James tem como missão impedir e desencorajar o casamento entre soldados britânicos e italianas. Contudo, mal sabe ele o que o espera. A comunicação entre James e Lívia é, por vezes, hilariante com as diferenças na língua e na cultura, muitas das vezes estão ambos a falar de coisas completamente diferentes mas convictos que estão a falar sobre o mesmo assunto, o que por vezes tem consequências desastrosas e muito divertidas. Este livro apresenta um relato mágico de paixão, delícias gastronómicas e a cultura muito enraizada de Itália. Gostei muito!

Opinião: As Jóias do Sol de Nora Roberts

 

Livro: As Jóias do Sol (Livro 1 da Trilogia Irlandesa)capa_Joias do Sol 2008.ai

Autora: Nora Roberts

Páginas: 282

Sinopse: Depois de um casamento falhado e uma carreira desapontante como professora de Psicologia, a jovem Jude Murray sente-se no limiar de um esgotamento nervoso. Numa fuga desesperada para a frente, decide abandonar Chicago e instalar- -se durante alguns meses no chalé abandonado da sua bisavó, na distante e mágica vila de Ardmore, na Irlanda. 
Rodeada pela magia das paisagens irlandesas e inebriada pela lendas antigas, Jude vai descobrir a alegria que é viver, amar… e ser amada!

Opinião:

Este é o primeiro livro da trilogia Irlandesa de Nora Roberts e tem, antes de mais, uma capa lindíssima que cativa à primeira vista. O romance presente neste livro é entre uma americana, Jude e um irlandês, Aidan. Jude decide fazer uma mudança radical na sua vida e vai viver durante uns tempos para o chalé da sua bisavó, na vila de Ardmore, na Irlanda.

Gostei muito das lendas e contos do povo irlandês que foram abordados neste livro. Deixou-me com vontade de visitar este país, devido às descrições mágicas da escritora quanto às lendas, música, flores e toda a cultura da vila mágica de Ardmore. É um romance profundo, onde é abordada a importância das palavras quando se ama alguém. É a expressão dos sentimentos que está em causa ao logo de toda a narrativa, com um toque sobrenatural muito subtil, mas marcante na condução da história.

A escrita é flexível, acessível e fluída como sempre com um toque muito romântico e vincado nas personagens principais. É daqueles romances que nos fazem suspirar! Adorei e recomendo!