Histórias Inesquecíveis

Nunca tive muitos livros na minha infância e na minha adolescência. Normalmente lia livros emprestados, da biblioteca ou que eram recomendados na escola. Aqui ficam alguns dos livros que marcaram momentos de muita alegria na minha infância e adolescência e que nunca mais esqueci:

As belas histórias de Heidi

Heidiheidi_17

heidi_19

Nunca consegui reunir a colecção toda, mas sei que li mil e uma vezes todos os volumes destes pequenos livros que me foram oferecidos por uma tia-avó. Nunca os esqueci e quando recordo as histórias da Heidi e do Marco é sempre com muito carinho.

Na minha adolescência devorei muitos livros dos Arrepios, que aliás mantenho bem “arrumadinhos” na minha estante:

arrepios

Pela escola foram recomendados muitos livros que eram de leitura obrigatória, os que mais recordo são:

A Floresta de Sophia de Mello Breyner Andersen

a_floresta

O Velho e o Mar de Ernest Hemingway

Um livro que me disse muito na altura, por questões pessoais, e que me lançou na procura de outro tipo de literatura.

O velho e o mar

Os Maias de Eça de Queirós

Talvez o meu livro português preferido

Os maias

Estes são apenas alguns dos livros que me marcaram, existem outros que também relembro com carinho como “A grande viagem à floresta” um livro com histórias de gnomos, gigantes e fadas. Os livros da colecção “Uma Aventura”, nomeadamente “Uma aventura em Macau” e “Uma aventura em Lisboa”.

Recordo ainda “A Pérola” de John Steinbeck e “Sexta-feira ou a vida selvagem” de Michel Tournier.

a-perola-finalsexta feira ou vida selvagem

E não poderia deixar de referir “Harry Potter”. Fui e sou uma grande fã desta saga. Foi nesta altura que descobri o que era “Devorar livros”.

harry potter

Existem muitos mais. Mas para já fica por aqui 🙂

Opinião: As Vinhas da Ira de John Steinbeck

 

Livro: As Vinhas da IraAs vinhas da Ira

Autor: John Steinbeck

Páginas: 552

Sinopse: Esta obra, que valeu o prémio Pullitzer a John Steinbeck, trata do êxodo de uma família de lavradores que, vendo-se reduzida à miséria por uma tempestade de areia em Oklahoma, resolve emigrar para a Califórnia. A luta que todos os membros da família sustentam na sua exaustiva jornada contra os elementos e os homens e, até, contra o próprio meio de transporte, a coragem de que dão provas, a generosidade de alma que afirmam, a humaníssima capacidade de, apesar de tudo, fraternizarem uns com os outros e com os seus semelhantes trazem um sopro de epopeia, raro, mesmo hoje, em livros de idêntica ou parecida inspiração.

Opinião: Tinha este livro na minha estante há anos. Já tinha feito duas tentativas para o ler mas sem efeito. Contudo, o ano passado decidi pegar-lhe e a verdade é que tirei muito prazer da sua leitura. Este clássico americano, trata dos efeitos da grande depressão de 1929 de pequenas famílias de fazendeiros do Oeste americano. Relata a história de uma família pobre do estado de Oklahoma que se vê obrigada a abandonar as suas terras, devido à chegada do progresso, traduzido pela compra de tractores e máquinas. Este factor tornou obsoleto o trabalho manual do campo e forçou-os a rumar em direcção à Califórnia, à procura de trabalho e de uma nova vida. Gostei muito da escrita meticulosa e descritiva de John Steinbeck, da sua ironia e da crítica subtil do seu texto.

Curiosidade: John Steinbeck foi prémio nobel da literatura em 1962. Este clássico é recomendado pelo Plano Nacional de Leitura.

Top 10 de 2012

Decidi reunir os melhores 10 livros que li em 2012. Ao longo da semana irei colocar a opinião de cada um deles, assim como uma breve análise dos autores.

Aqui fica a lista com o meu Top 10 de 2012:

1. Shadowfell – Juliett Marillier

SHADOWFELL_PR

2. O Grande Amor da Minha Vida – O Cavaleiro de Bronze – Paulinna Simons

o grande amor da minha vida(Opinião já publicada)

3. A Guerra dos Tronos – George R.R. Martin – Livro I

a guerra dos tronos

4. A Muralha de Gelo – George R.R.Martin – Livro II

A muralha de gelo

5. A Fúria dos Reis – George R.R.Martin – Livro III

A fúria dos Reis

6. A Soma dos Dias – Isabel Allende

A soma dos dias

7. As Vinhas da Ira – John Steinbeck

As vinhas da Ira

8. Eragon – Christopher Paolini

eragon

9. Café Amore – Nicky Pelegrino

caffe_amore

10. Oliver Twist – Charles Dickens

Oliver Twist