Novidades Literárias

longbourn

Sinopse: Para todos os que admiram a obra de Jane Austen, esta é uma oportunidade única de revisitar o seu universo, mais concretamente o de Orgulho e Preconceito, mas numa perspetiva completamente nova. Jo Baker conseguiu a proeza de pegar num clássico e reimaginá-lo, com brilhantismo, a partir do ponto de vista dos criados. Enquanto no andar de cima tudo gira em torno das perspetivas de casamento das meninas Bennet, no andar de baixo os criados vivem os seus próprios dramas pessoais, as suas paixões e angústias. 

À semelhança da obra que a inspirou, também Longbourn é uma história de amor apaixonante e uma comédia social inteligente, que nos dá a conhecer o quotidiano daqueles que serviam nas mansões rurais inglesas do século XIX. Uma obra admirável, que capta na perfeição a atmosfera da Inglaterra de Jane Austen. Considerado um dos melhores romances de 2013, pelo The Guardian.

A Casa Negra

Sinopse: Um Assassinato
Um crime brutal é cometido na Ilha de Lewis, na Escócia. Terra de uma beleza dura e onde a fé está profundamente enraizadamente nos seus habitantes.

Uma armadilha
O detetive inspetor Fin Macleod chega de Edimburgo para investigar o crime. Para Macleod, um filho da Ilha de Lewis, aquele caso representa não só um regresso a casa, mas também um regresso ao seu passado.

Um segredo
Algo se esconde por entre a comunidade de ilhéus, sempre tão unidos. Algo sinistro. Enquanto Fin investiga, os velhos esqueletos começam a surgir. Depressa o caçador se poderá tornar na presa.

Peter May é um mestre da literatura policial. A Casa Negra é um thriller com um poder e uma visão raros. Um mistério criminal que explora as sombras das nossas almas, num local onde o passado está sempre perto da superfície e a vida mistura os mitos e a História. Suspense até à última página.

Anúncios

Novidade Editorial Presença

austenlândia

AUSTENLÂNDIA

À Procura de Mr. Darcy

Sinopse: Jane Hayes é uma nova-iorquina de trinta e poucos anos que aparentemente não consegue ter sorte na sua vida amorosa. Não que isso pareça incomodá-la, já que nenhum homem poderá alguma vez sobrepor-se à sua obsessão secreta por Mr. Darcy, tal como foi encarnado por Colin Firth na adaptação da BBC de Orgulho e Preconceito. Quando uma tia-avó lhe deixa em testamento umas férias em Pembrook Park, um lugar que proporciona a admiradores de Jane Austen a oportunidade de viverem durante algumas semanas como se estivessem em 1816, os seus sonhos parecem bastante perto de se tornarem realidade. Mas conseguirá a ilusão estar também à altura das suas expectativas?

Curiosidades Literárias

1. Lolita, de Vladmir Nabokov, teve, no início, a sua publicação recusada.

lolita

O romance era tido como tão controverso que apenas uma editora (Olympia Press) o quis publicar. Três anos depois, quando o livro já era um hit, as editoras mudaram de ideias.

2. A primeira edição de Charlie e a fábrica de chocolate foi publicada em 1964 e era bastante racista.

charlie e a fábrica de chocolates

Exemplo: os “Oompa-Loompas” eram descritos como negros e pigmeus, vindos “da mais profunda e escura parte da África, onde nenhum homem branco jamais esteve antes.” Além disso, o menino Charlie é originalmente descrito pelo escritor Dahl como “um pequeno menino preto.” [tradução de “ a small negro boy”, sendo negro um termo considerado pejorativo na língua inglesa].

3. Orgulho e Preconceito iria chamar-se “Primeiras Impressões”.

PrideAndPrejudice

Quando o romance foi inicialmente rejeitado pelos editores, Jane Austen fez significantes modificações, entre elas a troca do título. As revisões foram feitas entre os anos de 1811 e 1812.

4. Gabriel García Márquez recusa que Cem anos de solidão seja adaptado ao cinema.

CEM_AN~1

É curioso pois diversos dos seus trabalhos já foram adaptados a filme em outras ocasiões. O escritor afirma que a razão é que “eles colocariam alguém como Robert Redford para protagonizar o filme, e a maioria de nós não tem parentes que se pareçam com Robert Redford”.

Orgulho e Preconceito: O filme

Pride_and_Prejudice_2005

Já tinha lido o livro, mas nunca tinha tido a oportunidade de ver o filme. Ontem vi e ADOREI e pretendo rever até não poder mais … 🙂

Os atores Keira Knightley e Matthew Macfadyen estão simplesmente fantásticos nos papéis de Lizzie e Mr. Darcy, respetivamente.

Recomendo a todos os fãs do livro e a todos os que gostam de um bom clássico!

Opinião do livro aqui