Opinião: A Amante de James Patterson

 

Livro: A Amante 

Autor: James Patterson e David Ellis

Páginas: 349

Sinopse: O jornalista Ben Casper é paranoico e obsessivo. E a maior e mais compulsiva das suas fixações é Diana, a bela mas inacessível mulher dos seus sonhos. 
Quando ela é encontrada morta, após uma queda da varanda do seu apartamento, as autoridades não hesitam em considerar que é um suicídio. Mas Ben conhecia bem Diana e sabe que ela nunca se mataria. Convence-se de que a amiga foi assassinada e embarca numa aventura arriscada para conseguir prová-lo. 
O jornalista descobre, porém, que ela levava uma vida dupla, e à medida que outras pessoas envolvidas na vida de Diana morrem em circunstâncias questionáveis, torna-se evidente que alguém não quer que a verdade venha ao de cima. E, a menos que Ben desista da sua investigação, ele pode ser o próximo a «sair de cena».

Opinião:

James Patterson volta a presentear-nos com um thriller cheio de acção e um protagonista, no mínimo, peculiar na sua personalidade. A narrativa começa com um ritmo alucinante mantendo o suspense ao longo de toda a trama. A escrita deste autor parece um guião de uma sequela de Missão: Impossível. O ritmo, a acção e as reviravoltas de informação, ao longo do livro, são impressionantes.

Saliento a personagem principal, Ben, com uma personalidade que, inicialmente, deixa qualquer leitor com “a pulga atrás da orelha”, quanto à sua inocência ou envolvimento no desaparecimento de Diana. A história dá uma reviravolta de 365 graus e o final é absolutamente surpreendente.

Um livro muito bem escrito de James Patterson e David Ellisadvogado e autor de diversas obras premiadas – e uma óptima sugestão de leitura para quem gosta de thrillers de acção, teorias da conspiração e o presidente dos Estados Unidos “envolvido” no meio.

Classificação: 3*

 

Anúncios

Opinião: NYPD Red, À Margem da Lei de James Patterson e Marshal Karp

 

Livro: NYPD Red, À Margem da Lei (Livro 2, NYPD Red)

Autores: James Patterson e Marshal Karp

Páginas: 336

Sinopse: A NYPD Red enfrenta agora o seu inimigo mais perigoso de sempre.
Há um serial killer à solta em Nova Iorque, perseguindo e assassinando criminosos que conseguiram escapar à Justiça. À medida que o número de vítimas deste justiceiro por conta própria aumenta, cada vez mais nova-iorquinos o apoiam.
O detetive Zach Jordan e a sua parceira Kylie MacDonald são destacados para o caso quando mais uma pessoa, uma mulher ligada à campanha eleitoral de um dos candidatos à Câmara de Nova Iorque, é assassinada. Zach e Kylie têm de descobrir quais são as verdadeiras motivações deste assassino, uma vez que por detrás deste último crime se escondem segredos da ordem da vida pública e privada. No entanto, Kylie tem agido de forma estranha, e Zach teme que o que quer que se esteja a passar com a sua parceira possa pôr em risco o maior caso das suas carreiras.

Opinião:

Este é o segundo volume da série NYPD Red criada pelo autor best-seller James Patterson e pelo argumentista e escritor Marshall Karp. Neste livro voltamos a encontrar os agentes Zach Jordan e Kylie MacDonald com as suas personalidades distintas e marcantes. Desta vez, perseguem um assassino (ou um grupo de assassinos) que poderá estar mais perto deles do que inicialmente previsto.

Esta é uma série, muito interessante, cuja unidade de detectives se centra na resolução de casos criminais das mais altas figuras da sociedade. Existem, por vezes, interesses políticos e sociais envolvidos nos seus casos e este é um deles.

Ao longo da narrativa temos um vislumbre das vidas pessoais de ambos os detectives e também dos próprios antagonistas da história. A escrita é concisa, perspicaz e cheia de acção. Penso que já tinha mencionado antes, mas as semelhanças com as séries televisivas do “tipo CSI” é evidente. Por vezes, parece que estamos a ver um filme. Gostei e recomendo a todos os que gostam de um bom policial.

Classificação: 3*

O primeiro volume desta série:

NYPD Red (Opinião)

Opinião: NYPD Red de James Patterson e Marshall Karp

 

Livro: NYPD Red (Livro 1, Série NYPD Red)NYPD Red

Autores: James Patterson e Marshall Karp

Páginas: 336

Sinopse: Existem 35 mil polícias em Nova Iorque. Apenas 75 pertencem à unidade especial que protege os mais ricos e poderosos. A NYPD Red é uma unidade especial da polícia de Nova Iorque, encarregada de proteger os interesses dos cidadãos mais ricos e poderosos de Manhattan. Quando um produtor de cinema mundialmente famoso é envenenado no primeiro dia de um festival de cinema de Nova Iorque, a unidade NYPD Red é a primeira a ser chamada. A este crime hão de seguir-se o assassínio de um ator no local de filmagens e a explosão de um cocktail molotov durante um dos eventos do festival. O detetive Zach Jordan e a sua nova parceira e ex-namorada, a detetive Kylie MacDonald, são destacados para o caso. O assassino planeou cada homicídio e cada fuga até ao último pormenor, como se do guião de um filme se tratasse. E concebeu um final explosivo que irá arrasar Nova Iorque e Hollywood. Mais um policial explosivo!

Opinião: 

Segundo a revista Forbes, James Patterson é, desde há vários anos o autor número um absoluto em todo o mundo. Desde que o seu primeiro romance venceu o Edgar Award, em 1977, os seus livros já venderam mais de 305 milhões de exemplares.

Este livro é o primeiro da série policial NYPD (New York Police Department) Red editada pela Topseller em Portugal, e que nos apresenta mais uma narrativa cheia de acção, criada por James Patterson e Marshall Karp. Saliento que Marshall Karp é autor de peças de teatro e de argumentos para filmes de televisão, o que contribuiu – tendo em conta a base da história – para aproximar esta obra de ficção à realidade do que é o mundo cinematográfico e toda a sua envolvência, positiva e negativa.

Esta unidade policial de Nova Iorque luta contra o tempo para encontrar um assassino em série, que tem como alvo personalidades famosas do mundo cinematográfico. Este assassino planeia tudo ao pormenor como se estivesse a  escrever um guião de um filme. A acção é muito rápida, com uma contagem decrescente – de cortar a respiração – até ao final, literalmente, explosivo do livro! Gostei muito!

Classificação: 5*

 

Opinião: Private:Principal Suspeito de James Patterson

 

Livro: Private: Principal Suspeito (Livro 2, Série Private)private principal suspeito

Autores: James Patterson e Maxine Paetro

Páginas: 384

Sinopse: A Private é a agência de investigação mais eficiente do mundo, criada para resolver de forma discreta os problemas dos ricos e poderosos. Jack Morgan, antigo fuzileiro naval e agente da CIA, é o seu dono. Os agentes da Private são os mais inteligentes e rápidos, e dispõem das tecnologias mais avançadas. Desta vez, é o próprio Jack Morgan que se torna o principal suspeito da morte da sua ex-namorada. Ao mesmo tempo que é vigiado pela polícia, a Máfia obriga-o a recuperar 30 milhões de dólares em material farmacêutico roubado, e a bela presidente de uma cadeia de hotéis pede-lhe que investigue uma série de assassínios ocorridos nas suas propriedades.
O Principal Suspeito é Jack Morgan.
Numa luta contra o tempo para provar a sua inocência, Jack tem de enfrentar os inimigos mais fortes e inteligentes de sempre. Com mais ação, intriga e surpresas do que nunca, “Private: Principal Suspeito” é James Patterson ao seu melhor nível.

Opinião:

Este é o segundo volume da série Private, criada pelo autor que teve mais livros até hoje no topo da lista de bestsellers do New York Times, James Patterson, em colaboração com Maxine Paetro e editada pela Topseller. É um livro de leitura compulsiva, impossível de largar e muito melhor que o primeiro volume.

James Patterson volta a presentear-nos com cenas de acção vertiginosas que infundem na narrativa uma qualidade digna de uma adaptação cinematográfica. As suas personagens principais são, por norma, marcantes e complexas. Todavia, este Jack Morgan extravasa estas características de forma desmedida. Talvez por isso tenha tido alguma dificuldade em criar empatia com o personagem no primeiro volume. Contudo, neste livro, este ex-fuzileiro naval apresenta uma nova faceta e uma vulnerabilidade que enriquece a narrativa e a história no seu todo.

Uma série de ficção policial com agentes muito bem construídos, com ligeiros momentos de humor, camaradagem e amizade. Uma série que recomendo a todos os leitores apreciadores de um bom policial. Adorei!

Nota: No Goodreads este é o terceiro livro desta série, contudo vou considerar a numeração fornecida pela editora portuguesa Topseller, que considera como sendo o segundo volume.

Classificação: 6*

Opinião: Private de James Patterson

Livro: Private – Agência Internacional de Investigação (Livro 1, Série Private)private agência int inv

Autores: James Patterson e Maxine Paetro

Páginas: 384

Sinopse: Jack Morgan, antigo fuzileiro naval e agente da CIA, herdou do seu pai a Private, uma reputada agência internacional de investigação e segurança e, com ela uma carga de trabalhos que pode levá-lo ao ponto de rutura. Os segredos dos homens e mulheres mais poderosos chegam diariamente a Jack e aos seus agentes, que usam técnicas forenses de ponta para resolver os seus casos.
Como se não lhe bastasse ter de apurar a verdade sobre um escândalo de jogo ilegal na liga de futebol americano e tentar resolver um inquérito criminal sobre as mortes selváticas de 18 raparigas, Jack ainda vai ter de desvendar o tenebroso assassínio da mulher do seu melhor amigo — e sua antiga amante.
Com uma narrativa que se desenvolve a um ritmo alucinante, Private: Agência Internacional de Investigação é o mais excitante e vibrante thriller de James Patterson.

Opinião:

Este é o primeiro volume da série Private criada pelo escritor norte-americano James Patterson, com a colaboração de Maxine Paetro. Este livro lembrou-me bastante as séries televisivas de investigação criminal, CSI, com conceitos de história muito semelhantes.

Normalmente, um policial costuma centrar a sua atenção apenas numa única história. Mas neste caso, temos três casos a decorrer ao mesmo tempo que exigem resolução dos vários agentes destacados pela Private. Apesar de ser um conceito arrojado, acaba por dispersar – na minha opinião – um pouco a atenção do leitor. As próprias relações pessoais do protagonista, Jack Morgan, são um pouco frias e inquietantes, devido ao carácter duro e fechado deste personagem.

É uma escrita marcadamente masculina e confesso que senti falta de alguma ternura e delicadeza na narrativa. Apesar de tudo, foi uma leitura aprazível com momentos de acção dignos de um filme.

Classificação: 3*

TOP 10 – 2.º Semestre 2015

TOP 10 LIVROS

À semelhança do que tenho feito anteriormente, partilho convosco, os 10 melhores livros – na minha opinião – que li neste 2.º semestre de 2015.

Aqui fica o meu TOP 10:

1.º – LUGARES ESCUROS– Gillian Flynn

2.º – O CLUBE MEFISTOTess Gerritsen

o clube mefisto

3.º – ALEX CROSS, A CAÇA – James Patterson

alex cross a caça

4.º – A SACERDOTISA DOS PENHASCOS – Sandra Carvalho

a sacerdotisa dos penhascos

5.º – DESEJO INSACIÁVEL – Kresley Cole

desejo insaciável

6.º – EM DEFESA DE JACOB – William Landay

em defesa de jacob

7.º – NA SOMBRA DO PERIGO – J.R.Ward

na sombra do perigo

8.º – ENTRE DOIS MUNDOS – Susan Saxman com Perdita Finn

entre_dois_mundos

9.º – EU, ALEX CROSS – James Patterson

eu, alex cross

10.º – UM NOVO MUNDO – Eckhart Tolle

um novo mundo eckhart tolle

FELIZ 2016! Boas Leituras 🙂

Opinião: Eu, Alex Cross de James Patterson

Livro: Eu, Alex Cross (Livro 4, Série Segundo Cross – TopSeller)eu, alex cross

Autor: James Patterson

Páginas: 384

Sinopse: Um crime macabro: Alex Cross acaba de prometer à família que irá estar mais presente nas suas vidas quando recebe a notícia chocante de que a sua sobrinha foi barbaramente assassinada. Determinado a descobrir o criminoso, depressa percebe que ela estava envolvida num esquema de acompanhantes de luxo que concretizavam as fantasias dos homens mais poderosos de Washington, DC. E ela não foi a única vítima.
Um assassino infiltrado no poder: A caça ao assassino leva o detective e a sua companheira, a detective Bree Stone, a entrarem num mundo a que só os mais ricos e poderosos têm acesso. À medida que se aproxima da verdade, Alex Cross descobre segredos que poderão fazer tremer o mundo inteiro. Uma coisa é certa: quem está nesse círculo restrito tudo fará para manter os seus segredos bem guardados.
Conseguirá Alex Cross sobreviver ao seu mais arrepiante e pessoal caso de sempre? Com uma acção alucinante e reviravoltas imprevisíveis, o novo caso do detective mais admirado em todo o mundo traz-nos momentos de suspense que só James Patterson consegue proporcionar.

Opinião:

James Patterson tem sido, nos últimos tempos, uma presença assídua na minha mesa de cabeceira. É um perito em policiais e o autor que mais vezes alcançou o n.º 1 do New York Times.

Neste livro Alex Cross depara-se com um caso que envolve um membro da sua família. Um crime com contornos macabros e que envolve os corredores poderosos da Casa Branca. A sua família, que muitas vezes é colocada de parte, devido à sua profissão, ganha uma notoriedade especial neste livro. Apresentado mais uma faceta deste detetive implacável, mas simultaneamente, muito humano.

A sua escrita é muito acessível e os capítulos apresentam a acção de forma sucinta e muito fácil de acompanhar para o leitor. A narrativa desenvolve-se muito rapidamente, com muitas surpresas e reviravoltas pelo meio. O final manteve uma nota de suspense, à semelhança dos volumes anteriores… Gostei e espero continuar a acompanhar as obras deste escritor.

Classificação: 4*

Nota: De acordo com o Goodreads este é 16.º volume da série com Alex Cross. Contudo, a Top Seller classifica-o como sendo o n.º 4 da Série Segundo Cross.