Opinião: A Casa da Rua da Esperança de Danielle Steel

 

Livro: A Casa da Rua da Esperança

Autora: Danielle Steel

Páginas: 186

Sinopse: Em dezoito anos de casamento, Liz e Jack construíram uma família, uma firma de advocacia cheia de sucesso e um lar feliz, na Rua da Esperança. Depois, num instante, tudo se desmorona. Para Jack, um recado de cinco minutos termina numa tragédia e, de repente, Liz está sozinha e a braços com uma perda insuportável. 
Como poderá continuar sem o seu marido, o seu parceiro, o seu melhor amigo? Como pode fazer o luto da sua perda quando tem de consolar cinco crianças devastadas, incluindo uma com necessidades especiais? Impulsionada pelo amor dos filhos, Liz encontra a força necessária para regressar ao trabalho. Um a um, os feriados vêm e vão, até que um grave acidente lhe envia o filho mais velho para o hospital – e lhe traz o Dr. Bill Webster. 
A Casa da Rua da Esperança é uma história sobre o aprender a viver de novo, depois de se pensar que a vida acabou. É sobre o prazer dos pequenos milagres e a fé nos grandes. É um livro de esperança.

Opinião:

Ainda não tinha terminado o segundo capítulo deste livro e já chorava profusamente (por inconveniência no meio da Ponte Vasco da Gama, lol), cheia de emoção pelos acontecimentos que propiciam um início de romance doloroso. Aconselho a terem lenços de papel quando iniciarem este romance!

Danielle Steel é uma das escritoras norte-americanas mais conhecidas da actualidade e os seus livros estão entre os mais lidos do mundo. Os seus livros são sempre muito agradáveis e com temas muito próximos ao coração dos leitores. A sua forma requintada de escrever proporciona sempre um toque especial na narrativa. As suas histórias são intemporais e muito diversificadas.

Neste romance temos como protagonista Liz, uma mulher de personalidade muito forte, que enfrenta uma perda profunda na sua família. Acompanhamos a força dos seus sentimentos, o amor pelos seus filhos e a esperança nos seus ideais. Um romance leve, simples e emotivo. Fácil de ler e com uma mensagem de esperança de que o amanhã será sempre melhor e que os nossos sonhos podem tornar-se realidade. Ou talvez a realidade se revele ainda melhor que os nossos mais pequenos sonhos!

Classificação: 3*

Citação: “O Pai pôs um disco de cânticos de Natal e, de repente, toda a casa pareceu encher-se de espírito natalício”

Também li desta escritora (alguns que me lembro):

   

Um Amor Imenso / Jogos de Sedução / Estrela

 

Anúncios

Opinião: Estrela de Danielle Steel

 

Livro: Estrelaestrela

Autora: Danielle Steel

Páginas: 408

Sinopse: Crystal Wyatt foi desde sempre menosprezada por todos, excepto pelo pai. Bela e dona de uma voz de anjo, a jovem era hostilizada pela comunidade rural onde vivia. No casamento da irmã, Crystal conhece Spencer Hill, um homem treze anos mais velho, e o amor surge de forma inesperada. Porém, Spencer é arrastado para um casamento de conveniência, enquanto Crystal embarca numa carreira musical que a levará ao estrelato. Mas apesar da fama, a jovem estrela não consegue esquecer o seu primeiro amor, mesmo que para isso tenha de enfrentar a ira do seu agente, um homem possessivo e violento que está disposto a tudo para não a deixar escapar.

Opinião:

Comprei este livro na Feira do Livro por apenas 2 euros e revelou-se mais um romance, com a marca característica, da escritora best-seller, Danielle Steel. Os seus romances abordam sempre dramas da realidade quotidiana, ligados essencialmente ao amor e às relações conturbadas entre casais. A traição, as separações e o sofrimento são alguns dos temas dos seus livros.

O início deste romance apresentou-se, na minha perspectiva, muito auspicioso. Contudo, a meio, a história começou a perder um pouco o seu folgor, devido às muitas situações que sucederam e que me desiludiram quanto ao objectivo da trama. A resolução da história só se verifica nas três últimas páginas, deixando um vazio quanto a muitas questões. Não foi um dos melhores livros que já li desta autora, mas também não foi muito mau. Teve momentos em que fiquei completamente “grudada” na história, teve outros que não me cativaram tanto.

Apesar de tudo foi uma leitura agradável. Sempre achei a sua forma de escrever quase poética, com um toque de requinte bastante definidos e muito vincados.

Escritores mais bem pagos em 2013 – Top 5

De acordo com a revista Forbes, os 5 autores mais bem pagos em 2013 foram:

1. E.L.James (95 milhões de Dólares)

EL James

Principal Sucesso: Trilogia Cinquenta sombras de Grey

Lamento, mas não sou grande fã de E.L.James. Li os primeiros 2 livros devido ao facto de ser um livro muito comentado, quer nas redes sociais, quer nos media, contudo não me cativou!

2. James Patterson (91 milhões de Dólares)

jamesPatterson

Principais sucessos: Alex Cross, Maximum Ride, A conspiração da Aranha

Nunca li nada deste autor mas as críticas que leio dos seus livros são muito boas.

3. Suzanne Collins (55 milhões de Dólares)

suzanne colins

Principal Sucesso: série “Jogos da Fome”

Nunca li nada desta autora. Sei que os seus livros foram adaptados ao cinema e que fazem muito sucesso.

4. Bill O’Reilly (28 milhões de Dólares)

bill-o-reilly

Principais sucessos: “Killing Lincoln” e “Killing Kennedy”

É um apresentador de televisão e comentador político norte-americano. Que eu tenha conhecimento, não existem livros editados em português.

5. Danielle Steel (26 milhões de Dólares)

Steel, Danielle

Principais Sucesso: “A Luz que brilha”, “Um Amor Imenso”, “Ecos do Passado”, etc.

Gosto muito desta escritora. Já li alguns livros e gostei sempre de todos. 

Outros escritores:

Nora Roberts encontra-se em 8º lugar

Stephen King encontra-se na 10º posição

J.K.Rowling está em 15º lugar

George R.R.Martin em 16º lugar

Opinião: Jogos de Sedução de Danielle Steel

 

Livro: Jogos de Seduçãojogos de sedução

Autora: Danielle Steel

Páginas: 333

SinopseParis Armstrong, mãe de dois filhos já adultos e com uma casa maravilhosa no Connecticut, é completamente apanhada de surpresa quando, ao fim de 24 anos de casamento, o marido pede o divórcio para ir viver com a amante de 31 anos. Desesperada, Paris não tem outro remédio a não ser começar de novo. Muda-se para São Francisco e dá consigo num mundo no qual não sabe viver, com encontros com homens demasiado novos, demasiado velhos, demasiado casados, ou até demasiado bons para serem reais. Quando a sua própria filha fica noiva de um homem da idade de Paris, esta chega à conclusão de que o amor não é para ela. E toma uma decisão que irá mudar a sua vida para sempre.

Opinião: Quando terminamos um livro de Danielle Steel é fácil perceber porque é uma das autoras que mais livros vende no mundo. Esta escritora escreve sobre os motivos e sentimentos que nos movem nos melhores e nos piores momentos da vida. Gostei muito deste romance que nos dá a mensagem de esperança e de que nunca é tarde para se ser feliz e para reconstruir aquilo que de mais precioso temos: a nossa Vida. Nesta história conhecemos Paris uma mulher com um carácter muito forte e íntegro e que passa por momentos muito complicados, mas sempre com muita dignidade. Recheada de momentos cheios de humor e divertidos esta obra é simplesmente imperdível! Gostei muito e confesso que já tinha saudades de ler Danielle Steel.