Opinião: O Caminho do Peregrino de John Bunyan

 

Livro: O Caminho do Peregrino

Autor: John Bunyan

Páginas: 192

Sinopse: A obra descreve os passos de um peregrino através do caminho da vida e oferece uma profunda mensagem espiritual para aqueles que estão decididos a viver de um modo mais verdadeiro , em consonância com aquilo que trazem gravado no coração. 
No decorrer da viagem, desde o instante em que decide deixar a sua antiga cidade e percorrer o caminho que o levará à cidade celestial, o peregrino encontra diferentes personagens e lugares, e estes representam cada uma das etapas que deve ultrapassar para alcançar o seu destino. Em cada encruzilhada, um novo desafio. Em cada vitória, uma nova responsabilidade. Uma incrível experiência humana e espiritual. 
Para milhões de pessoas do mundo inteiro, O Caminho do Peregrino carrega uma mensagem de esperança e é um modelo ímpar da perseverança e do alento no meio das dificuldades da vida. É verdadeiramente inspirador e motiva a reflexão sobre aquilo que estamos dispostos a abandonar ou a guardar connosco quando decidimos seguir a nossa verdadeira vocação e o nosso coração.

Opinião: 

O Caminho do Peregrino, publicado em Inglaterra em 1678, é o n.º 1 da lista «os melhores livros de sempre» do The Guardian. É considerado, depois da Bíblia, o livro mais vendido de sempre e também a obra de ficção mais importante do cristianismo (nenhum outro livro foi traduzido em tantos idiomas e teve tantas edições). O autor John Bunyan (1628-1688) cresceu numa família humilde e de poucos recursos e escreveu este livro na prisão, onde esteve por duas vezes devido às suas convicções religiosas.

A obra acompanha a jornada de um peregrino que larga tudo na sua vida e decide percorrer o caminho que o leva à cidade celestial. Ao longo do caminho, o protagonista encontra diferentes desafios, pessoas, atalhos. Vive momentos de desespero, angústia e tristeza, mas simultaneamente transmite esperança, fé e convicção nos valores mais profundos da nossa alma! É uma alegoria à vida humana, às diferentes etapas e momentos que passamos desde o nosso nascimento até à nossa morte!

Um livro profundo, com premissas religiosas e espirituais muito fortes! Uma reflexão das nossas convicções, motivações e anseios mais profundos! Uma reflexão de quem somos e para onde vamos, mas principalmente porque vamos: o que nos rege, o que nos impulsiona e motiva? É uma viagem espiritual que desafia o nosso ego e exalta tudo o que é invisível aos olhos humanos, em especial a nossa alma!

Curiosidade: Desde a sua publicação, o livro nunca mais deixou de ser impresso. Depois da Bíblia, este é o livro mais conhecido no meio cristão não apenas de fala inglesa, mas de diversas línguas, inclusive na China, onde, clandestinamente, chegou a produzir-se 200 mil cópias que foram distribuídas em três dias. O terceiro lugar, como o livro mais publicado do mundo, pertence ao famoso O Principezinho, escrito pelo autor francês Antoine de Saint-Exupery.

Classificação: 3*

Citações:

“Quão mais fácil é sair do caminho quando estamos nele do que alcançá-lo depois de o perder”

“Então peregrino? O que te move? Para onde te leva o coração? Dispões-te  a admitir que nada sabes? Entra no caminho. Mantém-te firme e com coragem, e terás toda a ajuda necessária, até ao fim da tua viagem.”

Opinião: Todos Temos Um Anjo da Guarda de Pedro Siqueira

 

Livro: Todos Temos Um Anjo da Guarda

Autor: Pedro Siqueira

Páginas: 160

Sinopse: Pedro Siqueira é um místico dos nossos dias, que toda a vida recebeu mensagens e visões. Compreendeu desde cedo que o seu dom o incumbia de uma missão: gerar e facilitar a ligação com o mundo espiritual e ajudar as pessoas a desenvolver a fé através das mensagens de santos, anjos e de Nossa Senhora. Começou a partilhar as mensagens que recebia com pequenos grupos de oração. Pouco a pouco, esse círculo foi crescendo e, hoje, Pedro Siqueira dirige a oração do terço com centenas de milhares de fiéis em todo o mundo.
Todos Temos um Anjo da Guarda é o segundo livro de Pedro Siqueira e tornou-se de imediato um sucesso de vendas sem precedentes no Brasil. A lição que transmite é simples e poderosa: explica que os anjos da guarda são presenças na vida não só de místicos e pessoas espiritualmente devotas, mas na vida de cada um de nós. A missão destes seres de luz consiste em ajudar-nos a viver com mais paz, amor e harmonia. Basta saber escutá-los… e Pedro Siqueira ensina, ao longo destas páginas, como o fazer.

Opinião:

Assim como o corpo necessita de cuidados e atenção, também a alma e o espírito necessitam de espaço nas nossas vidas modernas cheias de movimento! Cada vez mais, a oração, a meditação e a leitura de temas espirituais permeiam o meu cantinho de leitura e me preenchem de uma forma inexplicável e sem comparação. Descobri este autor brasileiro à relativamente pouco tempo, mas o seus livros são como uma luz brilhante que me ofusca e não me larga até chegar à última página!

Um livro que aborda um tema muito especial: o nosso Anjo da Guarda! Todos temos um! Está sempre connosco e o seu amor é incondicional! Não interessa a etnia, a religião, a posição social ou as crenças, todos temos um ser de luz que nos acompanha desde a nossa concepção à nossa morte! Um livro com mensagens muito especiais: de esperança, amor, e com a certeza absoluta de que nunca estamos sozinhos!

Classificação: 4*

Citação:Oração ao anjo da guarda: Santo anjo do Senhor, meu zeloso guardador, pois a ti me confiou a piedade divina, hoje e sempre, me rege, guarda, governa e ilumina. Amém.”

Também li deste autor:

Você Pode Falar com Deus

Opinião: Vida Depois da Vida de Raymond A. Moody Jr.

 

Livro: Vida Depois da Vida: Investigação de um fenómeno

– A Sobrevivência à Morte Física (#1, Life After Life)

Autor: Raymond A. Moody Jr.

Páginas: 173

Sinopse: Durante cerca de cinco anos, o Dr. Raymond A. Moody procedeu a estudos que envolveram as declarações de mais de cem pessoas que haviam sido consideradas clinicamente mortas e sobreviveram. As declarações destas sobre o que então passaram, sensacionalmente semelhantes entre si nos seus pormenores, facultam-nos a emocionante prova de que o espírito humano sobrevive à morte.

Opinião: 

Raymond A. Moody Jr. é um psiquiatra norte-americano conhecido pelas suas obras sobre a vida depois da morte e de experiências de quase-morte (termo criado pelo próprio em 1975). Em 1976 foi premiado com um doutoramento em medicina pela Faculdade de Medicina da Geórgia e apresenta-nos, neste livro, uma investigação sobre o fenómeno da morte, de uma forma científica, filosófica e psicológica.

A sua abordagem e análise do tema em questão é diferente de tudo o que já li neste âmbito! Percebemos a sua natureza científica e analítica de médico e terapeuta (com uma mente científica muito apurada). Contudo, percebemos também o seu cuidado e respeito, por tudo o que transcende aquilo que não consegue provar fisicamente!

A obra baseia-se numa série de entrevistas aos mais diversos pacientes que relatam experiências de quase-morte. Pessoas de diferentes crenças e/ou religiões, mas com relatos com vários pontos em comum. Aborda as questões mais cépticas, estabelece paralelos com escritos e filosofias já existentes (Platão, a Bíblia, O Livro Tibetano dos Mortos, etc.) e de forma muito sucinta, aborda este tema que tanto curiosidade suscita nas pessoas: a experiência da morte do corpo físico – e do despertar da consciência, do espírito e da alma na sua verdadeira essência!

Classificação: 3*

Citação: «Se forem reais as experiências que descrevi, isso terá profundas implicações no sentido a dar às nossas vidas. Porque então será verdade que não podemos entender a vida se não tivermos a percepção do que se passa para além dela.»

Opinião: A Vida Depois da Morte de William Walker Atkinson

 

Livro: A Vida Depois da Morte

Autor: William Walker Atkinson

Páginas: 176

Sinopse: Desde tempos imemoriais, o enigma da morte constitui uma das principais preocupações do homem. O que acontece quando morremos? Para onde vai a alma? O que acontece ao corpo? Existe realmente um espírito que sobrevive além da morte física?
Com milhões de leitores em todo o mundo, A Vida depois da Morte, de William Walker Atkinson, dá-nos resposta às principais questões da humanidade sobre a vida além da morte. Faz-nos entender que a morte não deve ser encarada com medo, mas como uma passagem para outra dimensão, onde o ser humano pode continuar com o seu ciclo evolutivo, a fim de se aproximar do divino.
Aquilo a que se chama morte cinge-se a uma mudança de forma e de condição das energias e atividades que a constituem. O corpo não é uma entidade, mas sim um mero agregado de células, e estas células são simples veículos materiais para determinada forma de energia que os anima e vitaliza.
Através deste livro, fica a conhecer, na medida do possível, os vários planos de existência da alma humana, dos quais a vida e a morte são apenas dois dos estágios fundamentais, e a entender em pormenor o que acontece imediatamente após a morte, o despertar da alma no plano astral e quais as tarefas da alma na sua evolução cósmica.

Opinião:

William Walker Atkinson (1862-1932) foi um homem misterioso e um dos grandes nomes do Movimento do Novo Pensamento. Escreveu mais de uma centena de livros, sob diversos pseudónimos e que causaram polémica no seu tempo.

Esta é a primeira vez que leio algo deste escritor, e confesso que tive alguma dificuldade em acompanhar alguns “termos espirituais” revelados ao longo do livro. Não é uma leitura fácil: não digo isto em termos de conteúdos ou informação, mas pela sua forma de escrever, demasiado técnica e pouco acessível na linguagem utilizada.

Saliento, contudo, a importância de algumas mensagens abordadas ao longo da narrativa. Desafiando o leitor mais dogmático e quebrando barreiras de pensamento rígido. “Aquilo a que chamamos morte não é senão o outro lado da vida” esta é a citação que resume a essência desta obra, que se destaca como um dos grandes clássicos da literatura espiritual.

Classificação: 2*

Citação: «Pobres mortais, não se apercebem de que, afinal, não pode haver nada mais irreal, mais onírico, mais transitório, mais fantasmal do que este mundo de substância material.»

Opinião: A Vida Secreta de Jesus de Nicolas Notovitch

 

Livro: A Vida Secreta de Jesus

Autor: Nicolas Notovitch

Páginas: 176

Sinopse: UM DOS MAIORES ENIGMAS DO CRISTIANISMO
Uma das maiores incógnitas do cristianismo diz respeito aos anos da vida de Jesus que não estão narrados na Bíblia – o período entre os 13 e os 29 anos. A Vida Secreta de Jesus revela que Cristo pode ter passado pelo menos uma parte desse tempo na Índia, no Tibete e noutras partes da Ásia, em peregrinação, a aprender, a ensinar e a partilhar aquela que viria a ser a Sua mensagem espiritual universal.

UM MANUSCRITO COM DOIS MIL ANOS DE HISTÓRIA
Nicolas Notovitch, um dos viajantes mais arrojados de sempre, cumpria uma longa viagem pela Índia, para estudar costumes e hábitos locais, quando visitou o convento budista de Hemis. Foi lá que um lama lhe disse que Jesus – a quem os budistas chamam Issa – tinha ali estado e que a biblioteca do convento possuía alguns manuscritos que o comprovavam.

OS ANOS PERDIDOS DA VIDA DE JESUS
Intrigado, pediu ao lama que lhe concedesse o acesso aos textos. O que leu deixou-o fascinado. Eram originais muito antigos e não só documentavam a presença de Jesus, como demonstravam as muitas semelhanças entre a Sua mensagem e os ensinamentos espirituais ancestrais da Ásia. O manuscrito será realmente verdadeiro? Terá Jesus Cristo estado na Índia, no Tibete e noutros lugares da Ásia?

Opinião:

Sou uma apaixonada e (extremamente) curiosa por tudo o que tenha a ver com Jesus! Não sei porquê, é algo mais forte que eu! Sejam Biografias, textos, documentários, ficção ou a própria Bíblia … tudo o que inclua Jesus, eu tenho de ler! Adoro Jesus e não tenho vergonha de o dizer! É como se lesse sobre um grande amigo … alguém que conheço desde sempre … e para sempre!

Nicolas Notovitch (1858-1916) foi um jornalista russo, espião e foi oficial do exército. Causou polémica com este livro, onde relata o período entre os 13 e os 29 anos de Jesus (não divulgados na Bíblia).

Notovitch era um aventureiro e foi numa das suas viagens, enquanto visitava Leh, capital de Ladakh (ou Ladaque, região geográfica do norte-noroeste do subcontinente Indiano, que faz parte de Caxemira) que teve contacto com o convento de Hemis (mosteiro budista tibetano), onde descobriu uns documentos que relatavam a Vida de Issa (nome pelo qual os Budistas tratam Jesus).

Mosteiro de Hemis ou Gompa de Hemis, Índia

Para além de relatar a sua viagem, Nicolas apresenta a tradução do manuscrito misterioso (documentos sobre a vida e ensinamentos de Jesus). Percebemos algumas (muitas) semelhanças com a mensagem do Evangelho e, simultaneamente, algumas (muitas) discrepâncias. O jornalista afirma que Cristo teria viajado pela Ásia (Índia, Tibete, Nepal e outros) onde estudou e aprofundou os seus conhecimentos. Um livro polémico, com uma argumentação bem estruturada e desafiador!

Classificação: 3*

Citação: “Issa disse-lhes que Deus não se importava com templos erigidos por mãos humanas, mas que os corações humanos eram os verdadeiros templos de Deus”

Opinião: Você Pode Falar Com Deus de Pedro Siqueira

 

Livro: Você Pode Falar Com Deus

Autor: Pedro Siqueira

Páginas: 152

Sinopse: Desde criança, Pedro Siqueira tinha visões místicas. Com o tempo, o seu dom transformou-se em missão: ser um instrumento de ligação entre as pessoas e o mundo espiritual e ajudá-las a desenvolver sua fé através das mensagens de santos, anjos e de Nossa Senhora. Começou a partilhar os ensinamentos que recebia com pequenos grupos de oração. Aos poucos, esse círculo foi crescendo e, hoje, Pedro Siqueira dirige a oração do terço a milhares de fiéis em todo o mundo.
Com este livro, amplia ainda mais o alcance da sua mensagem e leva ao leitor as orientações mais importantes para quem deseja estreitar sua relação com Deus por meio da oração.
Muitas pessoas que creem em Deus não têm o hábito de rezar, mas Pedro Siqueira mostra que a prece tem de fazer parte do nosso dia a dia. Os seus poderes são surpreendentes: ela acalma corações e transforma a realidade. Este livro ensina como devemos rezar para estabelecer um canal de comunicação direto e verdadeiro com Deus, e aponta-nos o caminho para uma vida espiritual plena e feliz, dedicada ao Senhor e ao serviço do próximo. A partir de fascinantes histórias reais, Pedro Siqueira faz-nos ver como são impressionantes as coisas vindas do Altíssimo. E que, quando rezamos com fé e acreditamos na Providência divina, podem acontecer milagres nas nossas vidas.

Opinião:

Pedro Siqueira é um escritor brasileiro, advogado e professor de Direito. Desde criança que sempre teve uma ligação especial ao mundo espiritual, tendo visões e premonições profundas e transformadoras. É um fenómeno de vendas no Brasil e de carácter muito simples e humilde.

Este brasileiro muito especial, conduz um grupo de orações católico centrado na devoção mariana do rosário, onde transmite mensagens muito íntimas e comoventes, por meio do Espírito Santo. Tem uma ligação muito profunda com Deus, com Nossa Senhora, Santos e Anjos, que relata de forma elucidativa, ao longo deste livro!

É um livro cheio de fé, que devorei de forma “esfomeada”. Quando me apercebi já estava na última página e não queria que terminasse! Aborda questões sobre a oração e transmite mensagens de muita esperança e amor! Um autor que espero manter num sítio bem especial da minha estante, para que ilumine todo o espaço, assim como iluminou o meu coração e a minha alma!

Classificação: 5*

Citações:

«onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração»

«Assim, é importante que se saliente: todo o ser humano, desde a sua concepção, recebe de Deus um anjo da guarda.»

Opinião: O Alquimista de Paulo Coelho

 

Livro: O Alquimista

Autor: Paulo Coelho

Páginas: 240

Sinopse: O Alquimista é a história de um jovem que tem um sonho repetido com um tesouro oculto guardado perto das pirâmides do Egipto. Este resolve seguir o seu sonho, enfrenta as maiores dificuldades, atravessa desertos e defronta-se com os grandes mistérios que acompanham o Homem desde o começo dos tempos: os sinais de Deus, a Lenda Pessoal que cada um de nós tem que viver, a misteriosa Alma do Mundo, onde qualquer pessoa pode penetrar se ouvir a voz do seu coração.

Opinião:

Existem escritores que, quando escrevem, parece que lhes sai poesia misturada com a narrativa da história. Paulo Coelho é um desses escritores! É a primeira vez que tenho a oportunidade de ler este autor e fiquei, positivamente, surpreendida.

Editado em cerca de 120 países e traduzido em 47 idiomas, este brasileiro nascido no Rio de Janeiro, já deixou a sua marca no mundo literário e também na minha memória!

 

O Alquimista relata a história de um pastor andaluz, com uma mensagem espiritual muito profunda e perspicaz! Que nos toca e nos faz pensar! Que nos desafia intelectualmente e interiormente! Uma história simples, humilde, mas com muito valor, muito significado e mensagens delineadas nas entrelinhas de cada página.

Toda a obra se traduz numa procura de algo (externo), mas que no fundo permite as experiências (internas) que são o verdadeiro tesouro que alguém pode almejar. Uma obra para todas as idades. Marcante e Inocente! Gostei muito e recomendo!

Classificação: 3*

Citação: «Escuta o teu coração…Ele conhece todas as coisas…Porque onde ele estiver, é onde estará o teu tesouro …»