Opinião: Um Pequeno Escândalo de Patricia Cabot

 

Livro: Um Pequeno Escândalo

Autora: Patricia Cabot

Páginas: 416

Sinopse: Quando a bela Kate Mayhew é contratada como dama de companhia de Isabel, a filha obstinada de Burke Traherne, o marquês vê-se numa situação impossível. Dividido entre saber que ela é exatamente aquilo de que Isabel precisa mas, para ele, a pior tentação possível, encontra-se constantemente perto de alguém que ameaça a sua independência. Conhecido pelo seu autodomínio férreo desde o dia em que apanhou a mulher com um amante, Burke jurou nunca mais arriscar-se a casar. Ao aceitar a oferta de emprego de Sua Senhoria, a temperamental Kate enfrenta dois perigos: sua atração irresistível por um homem que abdicou do amor, e um encontro com o seu próprio passado escandaloso… que ela não pode manter secreto para sempre.

Opinião: 

Patricia Cabot já escreveu mais de cinquenta livros com diferentes pseudónimos, entre eles a tão conhecida série “O Diário da Princesa” (The Princess Diaries), adaptada ao cinema pela Walt Disney Pictures, com grande sucesso.

Este romance acontece no século XIX, no ano de 1870, em Londres. Trata-se de uma época de rígidos costumes e com grande enfoque nas aparências materiais. Uma obra com muitos momentos de humor e paixão, sendo as personagens muito divertidas e carismáticas. A narrativa apresenta-se muito fluída e apaixonada e é uma óptima opção para os leitores mais românticos ou para alternar com leituras mais pesadas e introspectivas.

Um romance que inspira esperança naqueles que sonham um dia encontrar o amor. Por mais distante ou impossível que pareça, a esperança persiste em cada capítulo, revelando que se nos sentirmos felizes com o que temos, tudo o resto vem por acréscimo! Por vezes muito mais do que alguma vez poderíamos sonhar …

Classificação: 4* 

Citação: «Portanto, não lhe restava mais nada a fazer a não ser continuar, e trabalhar para ganhar o seu sustento, e enfrentar cada dia como outra oportunidade de encontrar o amor que tinha a certeza que estava reservado para ela. Pois todos os livros que alguma vez lera lhe haviam assegurado que o amor era a justa recompensa daqueles que eram pacientes e tinham bom coração. E ela achava que possuía ambas as qualidades. O amor estava certamente ao virar da esquina para Katherine Mayhew. Tinha apenas de encontrar a sua esquina.»

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.