Opinião: A Noiva do Marquês de Tessa Dare

 

Livro: A Noiva do Marquês (#2, Castles Ever After)

Autora: Tessa Dare

Páginas: 304

Sinopse: Ela tinha tudo o que uma donzela da sua posição podia querer: era linda e estava noiva do solteiro mais cobiçado da cidade. Um longo e desesperante noivado, porém, levou-a a querer romper o compromisso e a tomar as rédeas da sua vida.
Clio Whitmore está noiva do Marquês de Granville há oito anos, mas ele está sempre ausente no estrangeiro, levando-a ao desespero por não se sentir desejada. Quando Clio herda um castelo que lhe proporciona independência financeira, decide romper o noivado e iniciar uma nova vida. Para tal, ela terá de convencer Rafe, irmão e procurador do Marquês, a aceitar o fim do noivado. Mas Rafe tem planos para a fazer mudar de ideias, organizando-lhe um casamento de sonho…
Ele começa com flores. Um casamento nunca tem flores suficientes… Ele diz-lhe que ela dará uma belíssima noiva… e tenta não imaginá-la como sua.
Como conseguirá Rafe convencer Clio a casar-se sem se deixar vencer pelos sentimentos que crescem dentro dele, e que são a cada dia mais fortes?
Ele não irá apaixonar-se pela única mulher que nunca poderá beijar nem dizer ser sua. Ou irá?

Opinião: 

O delicioso romance histórico que Tessa Dare nos apresenta preenche e aquece o coração dos leitores mais românticos e sonhadores (euzinha incluída!). Este é o segundo volume da série Castles Ever After e a escrita desta autora já se começa a entranhar na minha veia mais romântica, num apelo sentido à degustação literária dos seus romances e das suas obras cheias de momentos de humor e ternura.

Para além da capa lindíssima deste livro (aliás a TopSeller tem apresentado, ultimamente, capas maravilhosas que cativam até os leitores mais distraídos), a leitura apresenta-se muito fluída e divertida, intercalando cenas cómicas dignas de um filme, e momentos de paixão e sensualidade dignos dos poemas mais apaixonados.

Esta série está a ganhar um espaço restrito na minha estante e na minha alma literária mais romântica. Tessa Dare realça nos seus livros a beleza interior mais que qualquer outra temática (no primeiro livro também abordava esta questão “física” do que consideramos bonito) e neste volume reforça a importância do brilho interior de cada um, da personalidade marcante de cada personagem que se sobrepõe a qualquer “beleza física” ditada pela sociedade. Adorei e recomendo vivamente!

Classificação: 5*

Citação: “Quando ele, Bruiser e as três irmãs Whitmore se juntaram na maravilhosa capela, tinham passado vinte e duas horas. Rafe ocupara cerca de vinte e uma e meia delas a pensar, a sonhar e a repreender-se por ter beijado Clio.”

Também li desta autora: 

Opinião no blogue: Romance com o Duque

Anúncios