Opinião: A Última Ceia de Jesus de Bodie e Brock Thoene

 

Livro: A Última Ceia de Jesus (#2, The Jerusalem Chronicles)

Autores: Bodie e Brock Thoene

Páginas: 388

Sinopse: Existem muitas lendas sobre José de Arimateia, o judeu que pediu permissão para sepultar o corpo de Jesus após a sua morte. Diz-se que terá usado o Santo Graal – a taça utilizada durante a Última Ceia – para recolher o sangue de Jesus enquanto este era crucificado. Qual será a verdadeira história? Um romance fascinante sobre a misteriosa história do cálice sagrado e os últimos dias da vida de Cristo.

Opinião:

A Última Ceia de Jesus é o segundo volume das “Crónicas de Jerusalém”, contudo é o primeiro que tenho oportunidade de ler. Este livro é narrado por um menino de oito anos, Neemias, filho de um pastor e de uma tecedeira. Neemias é encarregado de uma missão importante: transportar entre o Jardim do Paraíso e a cidade de Jerusalém uma taça misteriosa e cheia de simbolismo. Ao longo do caminho encontra situações de perigo, amigos inesperados e sonhos inspiradores. Esta jornada leva-o a José de Arimateia e a Jesus de Nazaré.

É algo arrepiante ler e “sentir” tão perto as figuras bíblicas que conhecemos das histórias da bíblia, retratadas de uma outra forma, de um ponto de vista histórico e mais próximo de quem lê, principalmente pelo facto da história ser narrada por uma criança. Dá uma emoção diferente à escrita. A estrutura da narrativa segue alguns acontecimentos históricos tão conhecidos por maior parte das pessoas e apresenta citações e referências bíblicas.

Bodie Thoene iniciou a carreira de escritora na adolescência e estudou Jornalismo e Comunicação. Brock Thoene é licenciado em História e Educação. Bodie e Brock têm quatro filhos e oito netos e escrevem livros de ficção histórica, sempre com uma pesquisa profunda e dedicada dos fundamentos históricos, pelo qual são reconhecidos.

Confesso que me arrepiei em algumas cenas tão bem documentadas por Neemias e a sua visão inocente e cheia de amor por Jesus. Foi um livro que me surpreendeu e me emocionou! Óptimo para se ler numa época em que nos aproximamos da celebração do nascimento de Jesus!

Classificação: 5*

Anúncios