Querido Pai!

imagens mãos

Querido Pai,

Hoje tentei lembrar-me do último presente que te dei, no último Dia do Pai que passámos juntos. Mas esqueci-me! Por mais que pense, que esmiúce as minhas lembranças não me recordo do que te dei. Lembro-me que foi à dez anos. Lembro-me do teu sorriso e do castanho doce dos teus olhos, que ainda hoje mantenho a crença que são únicos, e que tinham uma magia que me agarravam e me mantinham segura! Ás vezes o teu semblante parece-me difuso, longe e difícil de discernir. Outras vezes (e estes momentos são os meus favoritos) parece que estás mesmo ao meu lado e o teu perfil é tão nítido como o meu reflexo no espelho. Tenho saudades! Muitas e intermináveis!

Passaram dez anos, mas poderão passar vinte ou trinta, poderei não me lembrar do presente que te dei ou das palavras que trocámos. Mas não me esqueço de ti. Nunca. Por mais difusa que a lembrança seja ou por mais perto se assemelhe a tua presença, estás sempre nos meus pensamentos. Todos os dias e para sempre!

Esta é a minha pequena homenagem ao meu pai que está junto de Deus!

Feliz Dia do Pai!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s