Opinião: Aquele Beijo de Julia Quinn

 

Livro: Aquele Beijo (Livro 7, Série Bridgertons)aquele beijo de julia quinn

Autora: Julia Quinn

Páginas: 352

Sinopse: Gareth St.Clair vive momentos difíceis. Após a morte do irmão, passa a ser o único herdeiro da fortuna do pai. Infelizmente, o ódio deste por Gareth é tanto que prefere desbaratar o seu património a vê-lo nas mãos do filho. Resta-lhe como legado um velho diário, escrito pela avó paterna, que poderá conter os segredos do seu passado e a chave para o seu futuro. O único problema é que… o diário foi escrito em italiano, uma língua que o jovem não domina de todo.
Por um golpe de sorte, Gareth conhece Hyacinth Bridgerton, a mais jovem menina do conhecido clã, que nunca recusa um desafio, embora o seu italiano deixe muito a desejar. Além disso, Gareth intriga-a, pois parece estar sempre a rir-se dela.
Juntos, embrenham-se nas páginas do velho diário, mas aquilo que vão descobrir transcende as palavras escritas em papel, e manifesta-se sob a forma de um simples – mas inesquecível – beijo…

Opinião:

Este é o sétimo livro, da série que relata a vida da família Bridgerton. A norte-americana Julia Quinn é a autora desta série e detentora de um talento sublime para a comédia romântica. A narrativa envolve-nos de forma inofensiva, com rasgos de humor que nos apanham desprevenidos e com momentos cheios de ternura que nos colocam um nó na garganta (no meu caso também com uma lágrima ao canto do olho, não fosse eu uma romântica chorona e sonhadora). É esta ambiguidade na escrita desta autora que tanto gosto: um minuto estamos a rir desenfreadamente, mas no outro estamos a conter a emoção, com os sentimos que saltam das páginas deste livro e dos protagonistas tão bem construídos.

Este livro apresenta-nos a história da filha mais nova do clã, Hyacinth Bridgerton, que nos últimos seis volumes desta série sempre se apresentou destemida no seu discurso, algo excêntrica nas suas ideias e com muito sentido de humor. Neste sétimo volume todas estas características se voltam a destacar, contudo temos acesso, também, a outro lado da sua personalidade: o seu coração compreensivo, a sua inteligência notável e a sua resiliência enquanto mulher na época em que é retratada a história. Gareth St Clair é o protagonista que vai colocar alguns desafios na vida desta jovem.

Mais uma vez adorei a história apresentada por Julia Quinn. É um óptimo romance histórico que nos resgata e nos faz esquecer um pouco a realidade do dia-a-dia. É sedutor, hilariante e com um final (epílogo mais propriamente) que nos apanha desprevenidos com a descoberta de algo que se manteve um mistério ao longo de toda a história.  Adorei e recomendo vivamente!

Classificação: 5*

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s