Opinião: Amor e Enganos de Julia Quinn

 

Livro: Amor e Enganos (Livro 3 – Série Bridgerton)Amor e enganos

Autora: Julia Quinn

Páginas: 384

Sinopse: Sophie Beckett tinha um plano ousado: fugir de casa para ir ao famoso baile de máscaras de Lady Bridgerton. Apesar de ser filha de um conde, ela viu todos os privilégios a que estava habituada serem-lhe negados pela madrasta, que a relegou para o papel de criada. Mas na noite da festa, a sorte está do seu lado. Sophie não só consegue infiltrar-se no baile como conhece o seu Príncipe Encantado. Depois de tanto infortúnio, ao rodopiar nos braços fortes do encantador Benedict Bridgerton, ela sente-se de novo como uma rainha. Infelizmente, todos os encantamentos têm um fim, e o seu tem hora marcada: a meia-noite. Desde essa noite mágica, também Benedict se rendeu à paixão. O jovem ficou até imune aos encantos das outras mulheres, exceção feita… talvez… aos de uma certa criada, que ele galantemente salva de uma situação desagradável. Benedict tinha jurado tudo fazer para encontrar e casar com a misteriosa donzela do baile, mas esta criada arrebatadora fá-lo vacilar. Ele está perante a decisão mais importante da sua vida. Tem de escolher entre a realidade e o sonho, entre o que os seus olhos veem e o que o seu coração sente. Ou talvez não…

Opinião:

Já vos tinha dito que Adoro Julia Quinn? Esta escritora inglesa tem algo de Jane Austen na sua escrita e, ao mesmo tempo um toque maravilhoso de ousadia e humor refinado. Praticamente devorei este livro. Não me apercebi das páginas a passar nem dos capítulos a reduzir, vivi plenamente este romance e ainda estou um pouco nas nuvens. Gostei tanto, que ainda não tinha terminado este, e já tinha comprado o quarto volume. Acompanho esta série desde o início e aconselho perentoriamente a quem gosta de romances históricos.

Os irmãos Bridgerton são a base desta série romântica. Cada livro corresponde a um dos irmãos/irmãs. São oito ao todo. Esta história foi com o segundo irmão mais velho, Benedict. Todo o romance tem algo de mágico, como um conto de fadas. Aliás, vemos semelhanças ao longo da narrativa, com o clássico Cinderela.

Quem acompanha a série sabe que existe um segredo desde o início quanto à entidade da cronista que escreve no jornal londrino mais badalado. Sempre tive algumas suspeitas quanto à personagem responsável pelas crónicas, mas neste livro surgiram algumas questões que me levaram a suspeitar de alguém em específico. Mal posso esperar para ler o próximo volume. ADOREI e recomendo vivamente!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s