Luz, calor e amor

mãe e filha e livro

A luz entra pela janela e descansa na minha pele branca e intocada. É como uma promessa de luz à muito desejada. Um ponto sublime de encontro que anseio desde sempre. O regressar a casa. À minha infância. Puxo a manta mais para cima e olho para aquela que me deu a vida e desfruto do som da sua voz. Haverá algo mais sublime na vida do que ouvir e sentir quem amamos profundamente? Não me parece! Sinto a almofada de penas na minha cabeça e encosto a face ao ombro da minha mãe, na esperança de ouvir a sua voz mais perto, e de preservar o seu cheiro a rosas e a trabalho duro de um dia inteiro de labuta. Haverá cheiro melhor, do que daquela que dedica o seu dia à manutenção de uma casa e de uma família, mesmos nos momentos mais difíceis, em que a solidão a abraça? Não acredito! Olho para as páginas do livro que nos faz companhia e não há outro lugar no mundo onde desejasse estar. Aqui! Com a almofada de penas, a luz que se difunde dando lugar às estrelas, junto ao calor mais profundo da vida e ao abraço ternurento da voz da minha mãe! A luz demora mais um pouco e sorrio com o coração cheio de amor …

Sara – Momentos de Magia

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s