Opinião: A Tormenta de Espadas de George R. R. Martin

 

Livro: A Tormenta de Espadas (Livro V – Crónicas de Gelo e Fogo)A tormenta de espadas

Autor: George R. R. Martin

Páginas: 544

Sinopse: Os Sete Reinos estremecem quando os temíveis selvagens do lado de lá da Muralha se aproximam, numa maré interminável de homens, gigantes e terríveis bestas. Jon Snow, o Bastardo de Winterfell, encontra-se entre eles, debatendo-se com a sua consciência e o papel que é forçado a desempenhar.
Todo o território continua a ferro e fogo. Robb Stark, o Jovem Lobo, vence todas as suas batalhas, mas será ele capaz de vencer as mais subtis, que não se travam pela espada? A sua irmã Arya continua em fuga e procura chegar a Correrrio, mas mesmo alguém tão desembaraçado como ela terá dificuldade em ultrapassar os obstáculos que se aproximam.
Na corte de Joffrey, em Porto Real, Tyrion luta pela vida, depois de ter sido gravemente ferido na Batalha da Água Negra, e Sansa, livre do compromisso com o rapaz cruel que ocupa o Trono de Ferro, tem de lidar com as consequências de ser segunda na linha de sucessão de Winterfell, uma vez que Bran e Rickon se julgam mortos.
No Leste, Daenerys Targaryen navega na direcção das terras da sua infância, mas antes terá de aportar às cidades dos esclavagistas, que despreza. Mas a menina indefesa transformou-se numa mulher poderosa. Quem sabe quanto tempo falta para se transformar numa conquistadora impiedosa?

Opinião: 

Este é o quinto volume da famosa série intitulada Crónicas de Gelo e Fogo do norte-americano George R. R. Martin e, mais uma vez, mergulhei de cabeça no mundo fantástico criado por um dos melhores escritores deste género.

Nesta saga não existe um protagonista específico, mas sim várias personagens que nos dão a sua perspectiva no decorrer da acção. Na minha opinião, esta é uma das razões do sucesso desta série: as personagens! Estas são apresentadas de uma forma muito criativa, crua e muito marcante. A escrita é masculina, diferente, perspicaz e desafiante na sua essência.

As minhas personagens preferidas mantêm-se dos livros anteriores: Arya, a filha perdida de Ned Stark, mantém-se de forma muito determinada na condução dos seus objectivos, apesar de ser apenas uma criança; Jon Snow, o bastardo de Winterfell, deixou, no último volume, muitas dúvidas quanto ao seu destino e surpreendeu-me bastante neste quinto volume, o final foi de cortar a respiração e por pouco não se cruzou com alguém da sua família … e mais não digo; Tyrion, o anão da casa Lannister é das personagens mais marcantes desta história e com um impacto tremendo no reino de que faz parte.

Uma das personagens que menos gostava era Jaime Lannister e neste livro, por incrível que pareça, vemos um lado diferente deste sádico e horrível homem que causou alguns dos mais terríveis acontecimentos nos primeiros livros (nem acredito que cheguei a sentir simpatia pelo homem, depois de tudo o que fez, mas foi isso mesmo que me aconteceu… parece que até o mais terrível dos homens se pode redimir … será? terei de ler os próximos volumes para me convencer).

Continuaria a falar das personagens, mas presumo que não teria espaço para expressar tudo o que me vai na cabeça e, também não quero dar muito mais informação para que possam desfrutar da leitura ao máximo. Sublinho que neste volume temos muitas alterações que deixam muita coisa em aberto para o futuro.

Estou expectante para o que vai acontecer nos próximos volumes, que espero ler em breve. Adorei e Recomendo!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s