Opinião: A Escrava de Córdova de Alberto S. Santos

 

Livro: A Escrava de Córdovaescrava de córdova

Autor: Alberto S. Santos

Páginas: 472

Sinopse: A Escrava de Córdova segue a vida de Ouroana, uma jovem cristã em demanda pela liberdade e pelo seu lugar especial no mundo. Confrontada com as adversidades do tempo em que lhe foi concedido viver, e em nome do coração, a jovem terá de questionar a educação, as convicções e a fé que sempre orientaram a sua existência. Será, por entre a efervescência das mesquitas e o recato das igrejas graníticas da sua terra, que a revelação por que tanto almeja a iluminará.
Uma história inolvidável de busca de felicidade que tem lugar nos séculos X-XI, numa época pouco tratada pela Historiografia oficial e mesmo pela ficção romanceada. Um pretexto para uma brilhante explicação sobre o caldo cultural e civilizacional celto-muçulmano dos actuais povos peninsulares e uma profunda explanação sobre as origens, fundamentos e consequências da conflituosidade étnico-religiosa que hoje, tal como no distante ano 1000, ainda grassa no mundo.
Alberto S. Santos, com rigor histórico e descrições impressivas, revela-nos a mentalidade, a geografia, o quotidiano urbano, as concepções religiosas, a fremente História do dobrar do primeiro milénio, e, sobretudo, a intensidade com que se vivia na terra onde, mais tarde, nasceram Espanha e Portugal. Dá-nos ainda a conhecer o ângulo mais brilhante, mas também o mais duro e cruel, da civilização muçulmana do al-Andalus.

Opinião:

Alberto S. Santos é um escritor e político português e autor do livro A Escrava de Córdova publicado em 2008 pela Porto Editora. É um dos livros recomendados pelo Plano Nacional de Leitura. Conta com um prefácio de José Rodrigues dos Santos, com revisão científica do arabista Rui Santos e do escritor Adalberto Alves, especialista em cultura árabe.

Confesso que tinha pegado neste livro o ano passado, contudo devido a outras leituras que tinha pendentes na altura, acabei por não prosseguir com o mesmo e guardei para posterior leitura. E ainda bem que decidi pegar nele agora, pois é um livro com muita qualidade, quer em termos de escrita, quer na construção da história e personagens. Foi uma agradável surpresa.

A Acção decorre na Península Ibérica, no dobrar do primeiro milénio, com as gentes e costumes da época em questão. Temos a história de Ouroana, uma cristã raptada com apenas treze anos e vendida como escrava a uma família Árabe. É nesta família que conhece o jovem Adbus, filho protegido da casa onde vive e pelo qual se apaixona!

Muito é feito pela família de Ouroana, mais especificamente Ermígio, amigo do pai da escrava, para localizá-la e trazê-la de volta a casa. Muito acontece entretanto – não quero revelar demais – tendo a história um final inesperado, cumprindo um desígnio profetizado no início da história e do qual tinha a esperança que se viesse a revelar de forma positiva. O que não aconteceu.

Os termos árabes são usados com alguma frequência ao longo da história o que, confesso, dificultou por vezes a minha percepção da história, apesar das notas em rodapé muito completas. Todavia, percebo e registo a necessidade da descrição das diferenças culturais e, sobretudo, religiosas entre o povo cristão e árabe, para um desenvolvimento factual da narrativa.

Apesar de não gostar de finais tristes, gostei muito deste livro, porque me surpreendeu e me proporcionou conhecimentos nos mais diversos temas e simultaneamente relatou um romance muito bonito entre uma cristã e um árabe, que apesar das diferenças culturais, se amaram verdadeiramente.

A todos vós: Assalamun alaykum! (Expressão árabe que significa: “Que a paz (ou a salvação) esteja convosco!)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s