Leio

10155613_743968155661506_2968733631839469631_n

Leio até as letras mais pequenas do livro mais antigo da minha estante. Leio de manhã, à tarde e à noite. Leio porque sim, porque preciso. Para mim é como respirar! Está inerente em mim esta necessidade de ler e não parar. Sei que nunca vou conseguir ler tudo o que quero. São tantas as coisas, as histórias, os contos os poemas que quero ler que quando chegar a minha hora de partir deste mundo vou levar uma lista cheia de livros que ficaram por ler. Leio em casa, na rua, no autocarro, no sofá, no chão ou na cama. Leio quando vou trabalhar e leio quando saio do trabalho. Leio quando estou feliz e quando estou triste. Leio de dia e de noite, na companhia das estrelas que iluminam as páginas no meu colo. Leio no Inverno, no Outono, na Primavera e no Verão. Para onde quer que vá, levo um livro na mala. Leio na praia, no campo e na cidade. Leio um livro, por vezes dois ao mesmo tempo. Leio romances, policiais, poesia, ficção científica, contos antigos ou clássicos da literatura. Se me perguntarem porque leio, não sei dizer especificamente. Mas sei que quando falo ou estou perto de livros os meus olhos brilham, o meu sorriso aparece e a minha alma aquece. É quase um reacção biológica que se junta com a emoção de viver por breves momentos num mundo encantado, com personagens que consideramos “nossas”. Leio debruçada sobre mim, numa felicidade difícil de explicar…

Sara – Momentos de Magia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s