Opinião: Maligna de Joanne Harris

 

Livro: Malignamaligna

Autora: Joanne Harris

Páginas: 340

Sinopse: Algo dentro de mim recorda e não esquecerá… Alice e Joe têm em comum a paixão pela arte – ela é pintora e ele é músico – e, em tempos, estiveram também unidos pelo amor que sentiam um pelo outro. As suas vidas seguiram diferentes rumos, mas o reencontro é inevitável. Joe tem agora uma nova namorada, Ginny, que provoca em Alice uma intensa perturbação. A beleza etérea e singular de Ginny repele-a, e o seu sinistro grupo de amigos atemoriza-a. Os hábitos estranhos da jovem deixam Alice suficientemente inquieta para levar a cabo uma investigação por conta própria.
E o que descobre vai mudar tudo. Ginny tem em seu poder um velho diário que conta a trágica história de amor de Daniel Holmes e Rosemary Virginia Ashley, cujo poder de sedução não conhece limites. Só que Rosemary morreu há meio século… mas o seu magnetismo não está certamente extinto. À medida que as histórias se entrelaçam, passado e presente fundem-se; Alice apercebe-se de que o seu ódio instintivo em relação à nova namorada de Joe pode não se dever apenas ao ciúme, já que algo em Ginny a arrasta irremediavelmente para um universo de insondável obsessão, vingança, sedução e sangue…

Opinião:

Nunca tinha lido nada desta escritora e quando vi este livro à venda por pouco mais de 3€ decidi que era uma boa oportunidade para conhecer a sua escrita. Todavia, infelizmente não correspondeu às minhas expectativas. Mas vou começar pelos pontos positivos.

Joanne Harris é filha de pai inglês e mãe francesa e com uma série de livros já publicados e de muito sucesso. Uma das suas obras – Chocolate – foi inclusive, adaptada ao cinema. A sua escrita é notável, isso não posso contrariar: ponderada, perspicaz e rica na exposição da história e narrativa.

Contudo, o que me decepcionou foi a história em si. Temos duas personagens que nos dão perspectivas diferentes em épocas distintas. No início senti dificuldade na interligação destas duas perspectivas que nos dão muita informação de forma desfasada e complicada de assimilar. O final também foi, para mim, algo decepcionante.

Destaco, contudo, a capa do livro que tem uma luz algo sobrenatural e foi uma das características que me cativou inicialmente. Apesar de não ter gostado muito, aqui fica o registo do primeiro livro escrito por esta autora conhecida internacionalmente.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s