Chuva e Livros

lareira livro

“Espreito pela minha janela e vejo a chuva que cai, de forma compassada, lá fora! Enrolo-me mais na minha manta felpuda e viro a página do livro que preenche o meu colo e a minha vida. Recosto-me no sofá e ouço a chuva bater com mais força na janela. Pouso a caneca de chá fumegante na mesa ao meu lado. Sorrio e sinto o calor da lareira nos meus pés calçados com meias de lã, e pantufas maiores que o cão que se enrosca na base do sofá perto de mim. A música suave da chuva e do vento preenche o ambiente e derreto-me no meu mundo de calor e chuva. Sorrio e volto a atenção para o livro que repousa no meu colo e mergulho no meu mundo preferido …”

Sara – Momentos de Magia

Anúncios

Opinião: As Lágrimas da Lua de Nora Roberts

 

Livro: As Lágrimas da Lua (Trilogia Irlandesa – Livro 2)as lágrimas da lua

Autora: Nora Roberts

Páginas: 273

Sinopse: Nora Roberts leva-nos até às paisagens mágicas da Irlanda, mais precisamente para a pequena e acolhedora vila de Ardmore. É aí que conhecemos Shawn Gallagher, cozinheiro do pub local, que escreve canções e vive despre-ocupado sem pensar no futuro ou na sua amiga de sempre: a bonita e irreverente Brenna. Brenna, no entanto, tem pensado muito em Shawn. Na verdade, ela quer mais do que apenas a amizade que sempre tiveram. E quando ganha coragem para lho dizer, Shawn é apanhado de surpresa e vê o seu mundo estável e seguro a ruir. Mas numa terra onde a magia ainda não morreu, tudo conspira para uma maravilhosa história de amor. Até as lendas do passado e os fantasmas de amores antigos… Nora Roberts nunca nos desaponta. Construindo um cenário e um leque de personagens fascinantes, arrebata os leitores para uma história acolhedora, divertida e impossível de largar antes da última página. E volta a mostrar porque é considerada uma das melhores romancistas da actualidade

Opinião:

Este é o segundo livro da trilogia Irlandesa de Nora Roberts e envolve-nos desde a primeira página. A história apresenta-nos o romance do sonhador e talentoso Shawn Gallagher e da prática e batalhadora Brenna. Duas personagens com personalidades e características completamente opostas mas que se completam de uma forma perfeita e especial. A magia volta a soltar-se da escrita de Nora Roberts e transporta-nos para as paisagens maravilhosas da Irlanda. Um romance líndissimo de Nora Roberts. Adorei e Recomendo vivamente.

Coragem

coragem

“Coragem nem sempre é um rugido de leões. Ás vezes, é o coração no final do dia dizendo: Vou tentar de novo amanhã …”

INSIDIOUS: Capítulo 2

insiduos

Apesar de ser uma “medricas”, adoro ver filmes de Terror/Suspense! Insidious: Capítulo 2 está atualmente nos cinemas e eu não perdi a oportunidade de ir vê-lo. Adoro cinema e aqui fica uma sugestão para quem gosta deste género de filmes. Aconselho, todavia a que vejam o primeiro filme antes de verem este, pois os detalhes e informações de ambos complementam-se de forma muito marcante.

Sinopse: A famosa dupla do terror, o realizador James Wan e o argumentista Leigh Whannel, juntam-se aos membros do elenco original numa sequela do aclamado filme de terror, que acompanha a assombrada família Lambert, quando esta tenta desvendar o misterioso segredo de infância que a deixou perigosamente ligada ao mundo dos espíritos.

Trailer: http://cinema.sapo.pt/filme/insidious-chapter-2/media/trailer

Destaque Autores Novembro: George R. R. Martin

 

George-RR-Martin

Neste mês decidi dar destaque ao autor da saga de fantasia mais vendida da atualidade, George R. R. Martin. A saga em questão intitula-se As Crónicas de Gelo e Fogo.

George R.R.Martin trabalhou em Hollywood durante 10 anos como argumentista e produtor antes de se dedicar à escrita. Este escritor escreve sobre os mais diversos géneros como o horror, fantasia e ficção científica, revelando-se desta forma um autor multifacetado.

Aqui fica a lista de livros que já tive oportunidade de ler deste autor:

a guerra dos tronos

A muralha de gelo

A fúria dos Reis

chamempolicia_capa.indd

Opinião: Os Pilares do Mundo de Anne Bishop

 

Livro: Os Pilares do Mundo (Trilogia dos Pilares do Mundo – Livro I)Os Pilares do Mundo

Autora: Anne Bishop

Páginas: 369

Sinopse: Ari, a última descendente de uma longa linhagem de bruxas, pressente que o mundo está a mudar… e está a mudar para pior. Há várias gerações que ela e outras como ela zelam pelos Lugares Antigos, assegurando-se de que o território se mantém seguro e os solos férteis. No entanto, com a chegada da primeira Lua Cheia do Verão, as relações com os seus vizinhos azedam-se. Ari já não está segura. Há muito que o povo Fae ignora o que se passa no mundo dos mortais. Só o visitam, através das suas estradas misteriosas, quando desejam recrear-se. Agora esses caminhos desaparecem a pouco e pouco, deixando os clãs Fae isolados e desamparados. Onde sempre reinara a harmonia entre o universo espiritual e a natureza, soam agora avisos dissonantes nos ouvidos dos Fae e dos mortais. Quando se espalham nas povoações boatos sobre o começo de uma caça às bruxas, há quem se interrogue se os diversos presságios não serão notas diferentes de uma mesma cantiga. A única informação que têm para os nortear é uma alusão passageira aos chamados Pilares do Mundo…

Opinião:

Anne Bishop é uma escritora de ficção fantástica e autora de vários romances, incluindo a premiada Trilogia das Jóias Negras, já publicada em Portugal. Este é o segundo livro que leio desta autora e gostei muito da história cheia de personagens fortes e marcantes.

Ari, uma das últimas bruxas resistentes do seu Reino é o ponto fulcral da história, apresentando uma força de carácter e maturidade invulgares na sua idade. Os meus preferidos, contudo, foram Morag a Ceifeira, ou mais conhecida como a Morte, que colhe as almas de todos os que partem do mundo físico, mas que apresenta uma cruz difícil de suportar até pelos mais valentes dos heróis; e Neall o corajoso, valente e honesto amigo de Ari que apelou ao meu lado mais romântico e sentimental. Estes dois personagens têm um papel fundamental no desenrolar da trama.

Uma fantasia cheia de forças da natureza, de personagens que regulam tudo e todos apenas pelo seu poder sobrenatural. Uma história a não perder por todos os amantes da ficção fantástica! Gostei muito!